Vê a quem se dirige Rui Gomes da Silva na hora de festejar o campeonato

6b70426be0de1101ccc33dd725d09cda

“Caro” Julen Lopetegui

Junto (no pressuposto de ainda não te teres apercebido) uma fotografia da comemoração do nosso 34º título de CAMPEÃO NACIONAL – com um abraço do ex-Ministro que, se fosse adepto do teu clube, teria andado muito preocupado, desde o princípio da época, por seres tu o treinador em quem tinha que depositar as minhas esperanças.

Então, com o melhor plantel de sempre, “conseguiste” não ganhar nada esta época?

60% do tal povo português que tu querias ver preocupado com o facto de eu ter sido Ministro, agradece que estejas por aí …

Os mesmos 60% que se recordarão – para sempre – deste tua época!

Mas que terão um “carinho especial”, não pela derrota no Marítimo, nem pelo empate no Nacional, e muito menos pelo empate em Belém, mas pelo resultado da tua equipa em Munique e que, pela vida fora, não se esquecerão de o relembrar, sempre que isso for preciso!

E, como se não bastassem os 6 a 1 que levaste, conseguiste-o com o requinte de malvadez de fazeres com que todos os teus adeptos (todos, mesmo, sabes, … o que ainda dá mais gozo) julgassem que iam eliminar o Bayern (em vez de serem “despachados” com os tais 3 golos de diferença que eu, ex-Ministro, a não perceber nada de futebol, anunciei, antes da eliminatória começar…).

Devias ter percebido que, por esses lados, … ganha a “estrutura”, empatam os jogadores, perde o treinador…

Porque se – pelo menos – a estrutura te dissesse que, nos últimos anos, ganharam ao Villareal em casa e viram-se “à rasca” para empatar lá, … que ganharam ao Manchester City em casa e foram goleados em Inglaterra, … que ganharam ao Málaga em casa e perderam lá, … que ganharam ao Nápoles em casa e viram-se “à rasca” (perdoa-me a repetição da brejeirice) no jogo de lá, … ou que ganharam ao Sevilla em casa e foram goleados em Espanha …

Tal como este ano, em que ganharam ao Bayern em casa e foram esmagados lá!

Pensarás tu que talvez seja o facto de ter sido Ministro que me faz acreditar que há coisas (resultados de todo o tipo) que se fazem em casa, mas que é muito difícil fazer fora…

Talvez seja essa a “explicação”!!!

E, já agora, achas que para o ano, com os mesmos “mind games” que “a estrutura” te obriga a debitar (retirando o latim, que, nisso – reconheceremos todos – foste tu … pois eles, com excepção do Presidente, até o português percebem mal), consegues ter os mesmos resultados?

Eu sei que não é fácil, mas vais ver que consegues.

A não ser que vás pela tua cabeça … ou – o que começo a acreditar – te despeçam (o que seria uma grande injustiça, depois de todos os “fretes” que lhes fizeste e de terem convencido alguns que só perdeste por causa do “colinho”).

Olha – para falar verdade – já não sei o que é melhor para outro ano igual …

Se tu, se essa “estrutura” em fim de ciclo … a mandar.

Desde que percam, por mim … encantado!

Até porque não ficaria bem a Portugal ter um Campeão feito de … animais (tu o disseste, lembras-te, quando ainda ias … ser Campeão Europeu???)!

Agora – depois do hiato desta carta – voltarei à humildade do costume, começando já a ajudar, no que puder, para voltar a ganhar!

Sem excessos de confiança, mas com a mesma determinação.

Até porque – nisso são bons – “vocês” recomeçarão, desde já, com esta estratégia de criação de um inimigo externo (para que não se fale dos erros próprios), numa campanha de verdadeira intoxicação da opinião pública e desvalorização do que conseguimos!

Um abracinho pequenino – como a tacanhez de quem te diz o que deves dizer – e outro abração enorme – do tamanho das hipóteses que me deste para “eu” voltar a ser Campeão Nacional (num ano em que … “estava tudo feito” para isso não poder ser possível).

Assinado: o Ex-Ministro (não confundas com o Costinha, que, esse, sabe bem melhor do que eu o que se passa por aí).

Rui Gomes da Silva (sócio nº 3.144 do Sport Lisboa e Benfica)